Geração Z passa mais tempo em aplicativos do que em jogos mobile